Consulta Médica | Endocrinologista

Fala, Magreletes, tudo bem por aí?

Bom, hoje eu vim dividir com vocês um pouco sobre a minha consulta com Endocrinologista. Na verdade, todo mês de janeiro eu faço check up geral (Oftalmo, Ginecologista, Dermatologista, Endócrino, etc…). Assim, já fico tranquila e livre ao longo do ano. 

Antes de falar sobre como foi a consulta, deixe-me explicar o que ele faz, porque sei que algumas pessoas têm a ideia de que o endocrinologista é apenas o profissional responsável por tratar casos de obesidade… Uma amiga minha por exemplo, achava que o endócrino tinha uma função parecida com a de um nutrólogo; portanto, vamos esclarecer:

 

 

Na imagem, fizeram um resumo de tudo o que eles cuidam, mas a maioria das pessoas que conheço, só vão ao endócrino para acompanhar os problemas com distúrbios alimentares, diabetes ou menopausa. Caso queira saber mais, acesse o site da “Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia” (www.sbemrj.org.br).

Agora, continuemos o meu relato sobre a consulta:

A primeira vez que fui a um endócrino, estava com um distúrbio hormonal provindo de um anticoncepcional. Achei super bacana, o tratamento foi tranquilo e eficaz. Depois disso, todo ano, religiosamente, eu passo com o Endócrino para ver se está tudo certo comigo.

Meu foco desta vez foi tratar a questão da obesidade. Eu estou estagnada há muito tempo. Pedi para ele me passar exames que pudessem localizar se existe algum problema que me impede de emagrecer. Ele solicitou exames para ver se meus hormônios estão ok… Também pediu um Hemograma completo, com medição de creatina, diabetes, colesterol, triglicerídeos, uréia, etc… Solicitou exame da tireóide e mais uns exames que não consegui decifrar o nome (letra de médico é osso) 😛

Além dos pedidos de exame, ele me pesou e conversou bastante comigo a respeito dos meus hábitos alimentares. Orientou-me a fazer pequenas substituições no dia a dia e, devido às compulsões alimentares, sugeriu que se eu fosse a uma nutri, desse preferência às nutris comportamentais. Eu amo as nutris comportamentais (mas esse é um assunto para outro post). Continuando: ele me propôs um desafio: Ficar sem beber refrigerante e cerveja até a próxima consulta (refri, ok… cerveja que vai ser osso, ainda mais nesse calor que está fazendo em sampa). Mas enfim, bora fazer o que é necessário, né? Ele também me orientou a andar pelo menos 30 minutos 4x por semana. A expectativa é que eu elimine ao menos 3 kg só fazendo essas pequenas alterações na rotina. Achei bacana.

O retorno será na segunda quinzena de fevereiro. Até lá, terei que ter feito todos os exames… (espero que esteja tudo bem comigo). O ideal é sempre fazermos acompanhamento multidisciplinar (o endócrino, a nutri, o educador físico, terapeuta, etc), mas para quem não pode, faça uma coisa de cada vez. O importante é sempre saber como anda a sua saúde e, procurar ajuda para colocar a sua rotina em ordem.  🙂

Embora o Endocrinologista seja habilitado para indicar medicamentos redutores de apetites ou reguladores, eu não solicitei nenhum. Ele apenas renovou o pedido do medicamento que uso para controlar a compulsão alimentar, à pedido do meu psiquiatra que está de férias.

Por questões éticas, não cito nome de remédios no blog.

Eu super recomendo visitar um endócrino ao iniciar um processo de emagrecimento. É super importante saber se está tudo bem com você e, se houver algo que possa impedir você de emagrecer, já é tratado e resolvido para que você não se desmotive com a falta de resultados que poderá ter sem diagnóstico. Cuidem-se sempre!

Fé em Deus e pé na taba!

Com amor,

Cíntia Milanese

3 Comentários


  1. Olá Cintia, vi seu blog em um grupo do facebook e passei para dar uma olhada.
    Pq não procura um nutricionista (desculpa se já falou disso)? Um bom nutricionista não vai te passar uma dieta chata e difícil de seguir e sim te orientar como mudar, o que mudar, substituições adequadas, além de facilitar todo processo e agir junto com o endócrino.
    Bjss e mto sucesso,
    Nutri Andressa

    Responder

    1. Eu passo na nutri sempre que preciso de alteração na rotina alimentar.
      Inclusive, é bem difícil encontrar nutri que se preocupa em se adequar à nossa realidade. Já fui em muitas profissionais ruins. Graças à Deus, as boas que encontrei depois, valeram a pena. Bjs

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *