Dias de Compulsão: apenas um desabafo!

Hoje é terça-feira e eu comi. Comi minhas dores, meus medos em relação ao futuro, a falta de rumo, a vontade de chorar como criança birrenta que não tem o que quer…
Já é dezembro e eu não consegui me controlar.
Enquanto comia, eu só pensava no quanto iria me sentir mal, no quanto já estava me sentindo mal. Mas não consegui parar. Eu continuei comendo. Comi até me sentir empanturrada e mesmo assim, nas horas que se seguiram, tudo o que povoava minha mente era comida. Doce. O prazer. A dor. A culpa…
Minha cabeça dói, minhas mãos ficam trêmulas, sinto um buraco no meu estômago. Só quem passa por isso, sabe!
As lágrimas rolam pelo meu rosto enquanto escrevo. São lágrimas de dor. A dor do descontrole. A dor de mais uma recaída.
Eu olhei no espelho hoje e vi que engordei. Vi também meus olhos pedindo socorro. Mas para quem? Para onde corremos quando nossas forças se vão?
Hoje ainda é terça-feira e a luta está só começando…UPDATE / ATUALIZAÇÃO – 21:54

Vi esse vídeo e tive que compartilhar… identificação total!

22 Comentários


  1. Cíntia minha linda, as suas lágrimas foram as minhas.. Força, Força para todas nós que lutamos contra a compulsão. Vamos lutando um dia de cada vez. Acredito em você e na sua garra de vencer, que é de todas nós. Erga a cabeça para o horizonte onde você vai traçar dias melhores e eles virão! Grande beijo de alguém que te admira muito! 😉

    Responder

  2. Nós somos o nosso próprio diabo e o nosso próprio Deus. Não há a quem recorrer senão a nós mesmos. Só nós podemos nos ajudar. Passo por isso e sei exatamente a dor com que escreveu cada letra desse post. O que tenho a lhe dizer é: não desista. Mostre a você mesma que o seu Deus é maior que o seu diabo.

    Responder

    1. As vezes a fé tá fraca para vencer os demônios… mas sim, concordo com você: ngm pode me ajudar além de mim mesma. É por isso que vivo correndo atrás de alguma coisa que me motive para me apegar, senão, fica impossível! Bjs

      Responder

  3. Opa!!! Somos iguais, compulsivas, teimosas, descontroladas, mas guerreiras! Você vai conseguir chegar onde quer. Eu também vou. As vezes como o pote todo de damascos de uma vez. Mas, vou conseguir. Lute, amanhã será um novo dia e você terá oportunidade de recomeçar

    Responder

  4. Oi Cintia….
    Te entendo.. e sinto muito que fique tão mal.
    Mas calma.. não é um dia de recaída e descontrole que vai colocar tudo a perder. Um dia ruim pra muitos outros dias bons. Hoje vai acabar… vai chegar o dia de amanhã, um dia novinho, pra uma nova pessoa.
    Você vai cair muitas outras vezes…mas vai levantar e seguir sua meta, seu sonho!
    Pensa o lado positivo: você é normal e está passando por algo que todo mundo que lê esse blog passa. Como acreditaríamos em tudo que vc posta se não fosse gente como a gente e não tivesse um dia assim lixinho. rs Normal…
    Agora é provar que isso não te define e que não significa que não está dando certo. Está sim! E vai provar…
    Muita calma, muita força e energia positiva pra você…. desiste não!!!
    Beijos e Boa sorte!!!

    Responder

  5. Estou tendo um dia ruim. Tive dias ruins. Semanas ruins…
    Mas estou esperançosa de que tudo isso vá passar. Obrigada pelo carinho e pelas palavras de consolo e força. Beijo!

    Responder

  6. Que triste… Mas dias melhores virão com certeza!
    Eu só consegui vencer minha compulsão com dieta low carb, eliminei os alimentos gatilhos da minha dieta e vou bem, há alguns meses já… Eu sei que você é adepta da RA, mas se quiser conhecer pelo menos eu tenho mais informações no meu blog e indico esse aqui http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/ ele é de um médico… Não precisa aprovar o comentário, ele é pra você realmente… Beijos e melhoras!

    Responder

    1. Oi, Carol, eu me agrado de nutrição low carb. Melhora bem esse quadro compulsivo. Doces pra mim é uma perdição. Vou ler com calma o link indicado. Beijinhos e obrigada pelo carinho.

      Responder

  7. Cintia amiga!!! Estamos aqui, seus muitos seguidores para te apoiar e também para lembrá-la: seu blog ajuda e ajudou muita gente, você se doou sem pedir nada em troca. Todos nós jacamos algum dia e claro, é chato, mas vamos SEGUIR EM FRENTE SEM DESISTIR. Sinta-se acolhida por mim e por todos e não fique triste!!! Talvez vc não perceba, mas desde a primeira vez que entrei no seu blog e te conheci, quantas mudanças em você e quantas conquistas amiga!!! Você talvez não perceba, mas você fez muita coisa sim!!! As mudanças são dolorosas e difíceis, mas necessárias, por isso ás vezes nos sentimos perdidas e sem esperanças, mas como somos brasileiras e não desistimos nunca; 2014 vem ai, e eu TENHO ABSOLUTA CERTEZA QUE VAMOS FAZER UMA CORRIDA DE RUA JUNTAS NO PRIMEIRO SEMESTRE, E NO DIA 31/12/14 VAMOS CORRER A SÃO SILVESTRE JUNTAS OK?????? NÃO ACEITO NÃO COMO RESPOSTA, NEM QUE LEVE 5 HORAS PRA GENTE COMPLETAR A PROVA KKKKKK BJOS AMIGA E MUITA LUZ!!!

    Responder

    1. Beth, minha querida, super aceito correr a São Silvestre contigo.
      É minha meta para 2014! 😉
      Obrigada por tudo, pela força, pelo carinho, tudo! Te amo, querida irmã. Beijo.

      Responder

  8. ah lindeza. nem se deixe derrubar viu.. to nessa vibe desde mes passado.. e nesse meio tempo ja aumentei quase dez quilos.. porque minhas compulsões são aquelas com força.. que vc nem consegue mais se mexer.. mas continua comendo.. comendo não.. pq eu mal mastigo.. continuo engolindo.. como se há anos não comesse absolutamente nada.. bjokas lindeza e força

    Responder

  9. Acredito que todos que um dia se propuseram a passar por um processo de emagrecimento, de reeducação alimentar já enfrentaram um desses dias tenebrosos.
    As vezes nossa vida nos coloca em situações difíceis, nossa ansiedade cresce e comer acaba sendo fuga, é prazeroso, mas está longe de ser reconfortante, por que é uma prazer que vem grudado a uma culpa maior ainda.
    Nessas horas gosto de pensar que a vida é toda feita de ciclos, e isso para nos dar oportunidade de mudar. Um dia ruim se encerra no fim deste dia, só para que possamos nos restabelecer e tentar ser melhor no dia seguinte.
    Enfim, apesar de não te conhecer, sei exatamente como são esses sentimentos que você descreveu, já fui invadida por eles diversas vezes, por isso gostaria de dizer que torço por você, que amanhã seja muito melhor que hoje.

    Responder

    1. Muito, muito obrigada pelas palavras, lindeza…
      Um dia de cada vez, não é assim? Vou superar. Nada é permanente (graças aos céus). Beijinhos e volte sempre.

      Responder

  10. Minha querida amiga, Paz e Paz sobre a sua vida!
    Li, seu desabafo e chorei, porque era eu falando… futuro, fim de um ano e começo de outro, frustração e tal… mas não deixe nenhum desses sentimentos ominarem sua vida,! Jacou ? ok, Sabe, a gente quer tudo tçao perfeito, que esquece que até máquinas tem prazos de uso e precisam de manutenção! daí, seres humanos tem uma coisa chamada ansiedade, que a esta altura do ano, bate com força! Perdoe-se! Recomece!
    Só não entende o que te aconteceu, quem nunca se atreveu a ir tão longe, como vc! E não deixe que ninguém perturbe você ou a oprima com legalismos insustentáveis !A gente surta mesmo !!! E se hora, desce e sobe, erra e acerta é porque está vivo!! E sem religiosidade, mas na fé, eu deixo pra vc uma mensagem que sempre enche meu coração de calmaria – (Biblia Sagrada ) Mateus 6 Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
    Mateus 6:26.
    Sim, você vale mais do que os passarinhos – deus cuida deles, e cuidará de você! Paz pra sua alma!
    Um grande abraço
    Elaine

    Responder

    1. Ai que lindo! Amei tudo o que você escreveu querida. Senti suas palavras e seu carinho no meu coração. Muito obrigada por me dedicar esse tempo e me deixar essa mensagem tão linda. Um abraço forte a você. Bjs.

      Responder

  11. São os altos e baixos do caminho. Cada tropeço faz a gente ficar mais forte, até que um dia chegará nossa relação com a comida será natural. Força aí, Lindona.
    PS: O vídeo é ótimo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *