Gorda de Biquini

Vou passar o natal na praia e por isso, essa semana tive de ir atrás de um biquini novo. Tinha apenas um top preto (não sei onde foi parar a parte debaixo), por isso, comprei um top novo (desta vez, colorido para sair do pretinho básico) e, dois novos biquinis (um verde e outro preto). O biquini preto tem cintura alta e ajuda disfarçar as gordurinhas extras. Adorei ele porque dá para dobrar quando vamos tomar sol (garantindo assim, a marquinha charmosa) 😉

Já o verde é normal, porém, tem as laterais largas para que eu me sinta à vontade ao me movimentar (tipo a calcinha vermelha da modelo ao lado).

Em meio a essa busca por um biquini que me agradasse, uma vendedora admirada me perguntou se eu não sentia vergonha de usar biquini mesmo estando acima do peso.

Vejam bem, não foi um questionamento maldoso. Pelo menos não pareceu… Senti que foi um comentário vindo de algo inconscientemente enraizado nas pessoas: medo do julgamento humano. Acredito que esses anos de auto-análise, de trabalho da autoestima, de exercitar amor-próprio, enfim… tudo isso tem me feito muito bem. Estou bem mais desencanada com várias coisas que no passado, me assombravam.

Estar fora do peso não é crime, minha gente… de biquini ou de maiô, sendo gorda ou magra, o que importa é que você se sinta bem!

Estive conversando com umas pessoas que trabalham comigo (todas fora de forma), que me confessaram que jamais usariam biquini na praia, porque morrem de vergonha de seus corpos. Acho muito triste quando a pessoa se limita a ir se divertir por vergonha ou medo. Tem vontade de usar biquini? Use! Basta assumir o seu tamanho e comprar um biquíni do seu número.
E quanto aos outros? Deixemos eles perplexos e mergulhados em seu preconceito. Danem-se eles. Afinal de contas amor próprio é pra quem quer!

 

 

 

20 Comentários


  1. Já escolhi o meu! O biquini é importante, mas o MAIS importante é estar feliz dentro do biquini, curtindo o sol, o mar e fazendo as pazes com a vida e tudo de bom que existe pra gente curtir!!
    Ser feliz é pra quem PODE E DECIDE!!
    APROVEITE!
    bjs
    Elaine

    Responder

  2. Já escolhi o meu! O biquini é importante, mas o MAIS importante é estar feliz dentro do biquini, curtindo o sol, o mar e fazendo as pazes com a vida e tudo de bom que existe pra gente curtir!!
    Ser feliz é pra quem PODE E DECIDE!!
    APROVEITE!
    bjs
    Elaine

    Responder

  3. Ameeeeeeei Cíntia!!!!!
    Vou pra praia nas minhas férias e vou de biquine!
    Nunca usei um maiô! Mesmo estando acima do peso nunca liguei pra isso.
    É como vi numa frase uma vez: O Sol Nasceu para Todos!
    E eu não ia, e nem vou ficar fora dessa né?! =D
    Beijos Gih♥

    Responder

  4. Admirei de mais o seu post! Também acredito que é um processo muito importante este de aceitação e alegria com o seu próprio "eu"! O interessante também é assumir isso e buscar tamanhos que fiquem bem. Infelizmente ainda não entrei nesse processo de aceitação e o que noto comigo e tb tenho visto em alguns programas de tv é que quando engordamos, não aceitamos o fato, vivemos de esperança e não nos permitimos de forma alguma comprar roupas adequadas aos nossos tamanhos. Vamos usando aquilo que ainda dá, e nos deformando com roupas esticadas, apertadas, curtas…uma monstruosidade só pela dificuldade de nos aceitar e pela facilidade de só "acreditar" que como por um milagre vamos amanhar a qualquer dia esbeltas de novo e logo tudo entrará corretamente.
    É muito legal seu post de hoje! Essa aceitação! E mais do que usar um biquini, entender que você ainda precisa de um biquini que acomode os excessinhos, buscar um adequado e que ficará lindo no seu corpo pq ele sim é o correto! É impressionante a diferença que a roupa no tamanho ideal pode fazer, e isso melhora muito a nossa autoestima! É uma pena demorarmos tanto a entender isso…
    Esta de parabéns pelas suas conquistas!
    Me segue tb! 😉
    http://diariodeumaqseexgordinha.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Responder

    1. O segredo para se sentir bem e se vestir adequadamente, é usar roupas do tamanho certo. As pessoas realmente não aceitam que estão tão gordas… devem se aceitar acima de tudo. E se não gosta de estar acima do peso, faça por onde não estar e fim… Bjk

      Responder

  5. meu bikini menos velho (que comprei em 2012) é do estilo shortinho… pelo menos cobriu um pouco da minha pança e outro tanto das minhas celulintes na bunda..rs.. bjokas lindona e divirta-se "moooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooito"..s

    Responder

  6. Moro no Rio, imagine qual dos programas mais frequentes entre a garotada? Praia, claro. Acho que meu último biquini quando tinha uns 9 ou 10 anos. Depois disso, adolescência, simplesmente deixei de ir a praia, não ia nunca, mesmo quando tinha vontade.
    Uma faculdade de psicologia depois, um tempinho de análise e perder um pouco de peso me fez conseguir voltar a frequentar praia, mas como adepta do maiô, biquini ainda não consigo.

    Responder

  7. Moro no Rio, imagine qual dos programas mais frequentes entre a garotada? Praia, claro. Acho que meu último biquini quando tinha uns 9 ou 10 anos. Depois disso, adolescência, simplesmente deixei de ir a praia, não ia nunca, mesmo quando tinha vontade.
    Uma faculdade de psicologia depois, um tempinho de análise e perder um pouco de peso me fez conseguir voltar a frequentar praia, mas como adepta do maiô, biquini ainda não consigo.

    Responder

  8. Achei esse biquínis tão lindos… Dá até vontade de usar… Mas, tenho um puta bloqueio com isso. NUNCA usei biquíni na vida, nem sei a sensação de usar o vento entrando no umbigo rs… Antes era porque me sentia gorda, agora é porque tenho muitas estrias :(. Mas, esse autobloqueio me faz admirar MUITO quem tem coragem de dar a cara tapa eo corpo aos olhares críticos.
    Pode parecer paradoxal, mas, acho LINDO gorda de biquíni… Mostra personalidade, amor próprio, verdade…
    Enfim… Belo texto, Cíntia! Parabéns por seu coragem em levantar essas questões!!!
    Bjs

    Responder

  9. Achei esse biquínis tão lindos… Dá até vontade de usar… Mas, tenho um puta bloqueio com isso. NUNCA usei biquíni na vida, nem sei a sensação de usar o vento entrando no umbigo rs… Antes era porque me sentia gorda, agora é porque tenho muitas estrias :(. Mas, esse autobloqueio me faz admirar MUITO quem tem coragem de dar a cara tapa eo corpo aos olhares críticos.
    Pode parecer paradoxal, mas, acho LINDO gorda de biquíni… Mostra personalidade, amor próprio, verdade…
    Enfim… Belo texto, Cíntia! Parabéns por seu coragem em levantar essas questões!!!
    Bjs

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *