Não Dê Poder às Pessoas

Era uma vez uma competição que tinha sido organizada por sapos; cujo objetivo, era alcançar o topo de uma torre.

Muitos fãs se reuniram para ver a corrida e apoiar os participantes.

A corrida começou. Mas ninguém realmente acreditava…  As pessoas diziam: “Pena, vocês não vão conseguir!

 

Alguns começaram a desistir, outros a cair. Mas havia um que persistia e continuava a subir. A multidão continuava gritando: “Pena, vocês não vão conseguir!” – E os sapinhos estavam desistindo um por um, menos aquele sapinho que continuava tranquilo, embora que arfante. No final, só restava um, que com um enorme esforço, chegou ao topo da torre. Ao final da competição, todos desistiram, menos ele. A curiosidade tomou conta de quem presenciou a vitória. Queriam saber o que tinha acontecido, como o sapinho havia conseguido. E assim, quando foram entrevistar o sapinho vencedor, descobriram que ele era SURDO!

Eu quis começar o post de hoje com a “metáfora do sapo“, para dizer que damos muito poder aos outros… É importante ouvir a opinião de quem te ama e te quer bem, mas antes de qualquer coisa, temos que refletir e formar a nossa própria opinião sobre o que queremos da vida. Por vezes, estamos no caminho do sucesso, quando nos deparamos com alguém que não acredita que somos capazes. Vi muita gente desistir dos seus sonhos simplesmente porque alguém não acreditou nela.

Entendam: As pessoas sempre vão questionar suas escolhas, mas cabe a você escolher o caminho que quer percorrer.

Não fuja dos seus sonhos. Siga em frente. Seja o sapo surdo, obstinada naquilo que deseja conquistar. Mostre que você é capaz, não deixe que as pessoas sejam responsáveis por suas desistências. E se cair, levante-se e siga em frente e se errar, lembre-se que com o erro também se aprende e a dor te fortalece.

Para finalizar gostaria de deixar aqui um exemplo autoexplicativo:

“Nós não gostamos do som deles e além do mais, música de guitarra está em franco desaparecimento!” (Decca Records Co – ao rejeitar os Beatles em 1962). Beatles – que persistiu e virou o grupo musical mais comercialmente bem-sucedido e aclamado da história da música popular mundial.

Fé em Deus e pé na taba!

Com amor,

Cíntia Milanese

4 Comentários


  1. Perfeito texto. Difícil mesmo é quando nós não nos sentimos capazes de realizar alguma coisa. Pensamos que tal coisa é tão boa que jamais seríamos dignos de realizá -la. Acho que é algo que preciso trabalhar em mim. Seu texto me fez perceber que tenho de ficar surda para as vozes da minha consciência que em alguns momentos teimam em dizer que não sou capaz, que só pessoas “melhores”que eu podem. Beijos

    Responder

    1. Todas nós fazemos isso o tempo todo. É um trabalho diário de desconstrução dos hábitos auto-destrutivos. Força!!!

      Gratidão pela visita. Volte sempre. Beijo!!!

      Responder

  2. Nossa Cintia que texto mais incrivel! Exatamente o que eu precisava hoje para por algumas cositas em ordem! Deus te abencoe! Beijo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *