Nutrição Emocional: Vamos Abandonar os Dramas?

Oi, oi!!! 😀

Para começar essa semana, trouxe uma reflexão para vocês, que envolve maturidade emocional.

Já repararam que quando a gente tem algum problema ou, passa por algo ruim, a gente tem a tendência de remoer aquilo? O problema é que mais de 90% das vezes em que isso acontece, nós guardamos, ficamos remoendo a dor, a raiva, a angústia, enfim…

Para ter uma vida mais produtiva e dias mais felizes, que tal parar de alimentar sentimentos ruins? Essas angústias emocionais não acrescentam nada de bom nas nossas vidas, então, simbora mudar a vibe?

Fiz um vídeo pontuando mais profundamente essa questão, espero que gostem… 😉

A História Original

(Retirado do site: Contar Histórias)

“Os anciões Cherokee estavam preocupados com um dos garotos da tribo que, por se sentir injustiçado, tornou-se agressivo. O avô do menino o traz para perto de si e diz:

– Eu entendo sua raiva. Há uma batalha terrível entre dois lobos que vivem dentro de mim. Esses dois lobos tentam dominar o espírito de todos nós.

Um é Mau. Seus dentes são fortes como raiva, inveja, ciúme, tristeza, cobiça,
arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade,
orgulho, superioridade e ego.

O outro é Bom. Seu olhar é forte como alegria, esperança, serenidade, paz, humildade, empatia, bondade, generosidade, verdade, perdão, compaixão, harmonia e fé.

O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô:

– Qual lobo vence?

O velho índio respondeu:

Aquele que você alimenta!

 

Referências: Esta história é tradicionalmente contada pelo povo Cherokee e se tornou uma parábola recontada em muitas culturas.

Fé em Deus e pé na taba!

Com amor,

Cíntia Milanese

2 Comentários


  1. Caramba Cintia! Precisava ter ouvido isso ontem kkkkkk mas a partir de hoje ja vou comecar a mudar! Obrigada pelos seus posts sempre tao incriveis! Beijo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *