Os primeiros passos para um processo de emagrecimento

Está se tornando cada vez mais comum, as pessoas me pedirem uma luz sobre como iniciar um processo de emagrecimento. E esse tipo de pedido vem aumentando desde a última quinzena de dezembro (no trabalho, na família, nas redes sociais, aqui no blog, enfim…). Acredito que esse súbito interesse, vem por conta da promessa mais popular entre as criaturas do mundo: emagrecer (rs).

Fiquei pensando em como explicar o que pratico, mas daí, lembrei que somos únicos e que cada um funciona de um jeito diferente. Por isso, tentarei resumir o que foi mais relevante dentre as minhas descobertas, para que vocês possam pesquisar, experimentar e dar o primeiro passo.

Obs.: Ressalto que não sou profissional de saúde. Portanto, esse post deve ser lido como um relato meramente informativo. A responsabilidade de procurar auxílio de um profissional, é sua! Boa leitura.  Cíntia Milanese

Dica 01 – Pesquise

Ler sobre o assunto é o primeiro passo. Mas cuide para que a internet não vire sua principal fonte de pesquisa, pois há muita informação desencontrada. Procure livros que dê algum embasamento científico sobre obesidade, compulsão, comida saudável, etc…
Como leitura obrigatória, indico o livro “Pense Magro, a dieta definitiva de Beck“. O livro foi escrito por uma especialista em terapia cognitivo comportamental e, ensina aos leitores se relacionarem saudavelmente com a comida. Foi esse livro que me esclareceu sobre a obesidade estar atrelada à fatores emocionais e foi com ele que aprendi a conscientizar as emoções que me levam ao impulso de comer. Leiam todos os posts relacionados ao livro, clicando aqui.

Outros livros que indico: os 3 da Geneen Roth (sobre obesidade, emagrecimento e os fatores emocionais); os do Michel Pollan (o autor é jornalista investigativo que, com objetivo de descobrir como nutrir seu próprio corpo de maneira saudável, iniciou uma incansável pesquisa sobre alimentos. Ele fala sobre comida de verdade). E finalmente o livro mais recente que li – O poder do hábito.

É interessante também, ler história de pessoas que já superaram a obesidade. Eu gostava de anotar o que elas relatavam em comum… dá certo! 🙂

Dica 02 – Assista documentários e entrevistas com especialistas

Ter consciência de que somos escravos da indústria alimentícia, pode ajudar você a mudar os hábitos em relação a comida que consome. Aproveito para indicar um dos melhores blogs que já vi sobre o assunto: Fechando o Zíper. Lá, você aprende a desvendar os rótulos e a não se enganar ao comprar alimentos processados. Eles desmistificam tudo o que supomos ser saudável. É ótimo!

Minhas principais indicações de documentários, matérias e entrevistas:

Famintos por Mudanças;
Muito além do peso;
Aprenda a comer para emagrecer;
Comer melhor, para pensar melhor;
– Resgatando o simples em nossas vidas – Parte 01 | Parte 02
Alimentação saudável;
Luta contra a balança;
Princípios básicos da Reeducação Alimentar.

Dica 03 – Prepare-se para a mudança

Demorei muito tempo para compreender a importância de se preparar para uma nova rotina. Mudar hábitos não é nada fácil e se não estivermos preparados, os novos hábitos não se sustentam. Foi por isso que abracei o ciclo PDCA (Planejar >> Desenvolver >> Controlar >> Agir).

É necessário se preparar psicológicamente. Depois, planejar a alimentação (vai fazer dieta? reeducação alimentar?). É preciso também, organizar seus horários para inserir exercícios físicos na rotina e, se tiver com problemas de depressão, autoestima, autoconfiança ou com o emocional abalado, procure ajuda profissional.

Principais posts relacionados à dica acima:

– Planejamento alimentar;
Porque devemos evitar certos alimentos?;
Como preparar as marmitas saudáveis para semana?;
Meu primeiro contato com a nutricionista e as dicas que ela me deu;
Abordagem nutricional para compulsivos.
Comedores Compulsivos Anônimos;
Sobre a terapia;
Sobre ir ao psiquiatra;
Sobre autosabotagem;
Dicas de cardápios e sobre reeducação alimentar (minhas experiências);
Um papo sobre reeducação alimentar e atividade física (por especialistas);

Dica 04 – Motive-se

Tanto para começar um processo de emagrecimento, quanto para mantê-lo, é necessário motivação.

“A motivação tem o mesmo efeito de um banho.
Por isso recomenda-se todos os dias…”

Fiquei extremamente motivada a emagrecer após ver um vídeo no youtube, que mostrava a evolução da Elenir (conhecida na blogosfera light como Gugui). Infelizmente, nem o vídeo e nem o blog estão mais no ar, mas eu me identifiquei muito com a história dela. Lembro que na mesma época, acabei conhecendo a história da Kelly Bertaco (pessoa linda, que sigo até hoje) e, da nossa amada e admirável Pete Camargo.

Para me motivar durante o processo de emagrecimento, tiro fotos de corpo inteiro, periodicamente. Quando emagrecemos após ter ficado longo tempo gord@, o cérebro não processa a nossa nova imagem. Continuamos vendo a imagem anterior e isso pode desanimar. Por isso as fotos são muito importantes (imagem não mente).

Durante o processo, haverá dias em que dá vontade de desistir de tudo. Nesses dias é bom ter suas distrações. As minhas é rever histórias, fotos de ‘antes e depois’, vídeos de pessoas que emagreceram (veja meu cantinho motivacional). Há também os depoimentos do Gente que Motiva. Enfim, o importante é não se entregar ao desanimo.

Dica 05 – Procure Apoio

Conforme mencionei no primeiro tópico, a compulsão tem relação com nosso estado emocional, portanto, estar ao lado de pessoas que nos incentivam e dão apoio é sempre a melhor escolha que fazemos por nós. Se não tiver com quem contar presencialmente, na internet há centenas de grupos de apoio onde vocês poderão desabafar e pedir conselhos…

Informações Gerais: Coisas que aprendi durante o processo de emagrecimento

  • Beba água;
  • Tenha paciência, você não engordou da noite para o dia;
  • Persista com os exercícios;
  • Coma quando está com fome;
  • Pare de comer quando saciar;
  • A vontade passa, a gordura fica;
  • Diminua o consumo de alimentos processados;
  • Diminua o sal;
  • Evite açúcar e carboidrato branco;
  • O corpo não diferencia final de semana e feriado, por isso, mantenha o controle;
  • Aprenda dizer “Não, obrigada!” – quando a gente come para agradar alguém, acaba desagradando a pessoa mais importante de nossas vidas: nós mesmas…
  • Não se cobre muito, mas não tire o olho de seu objetivo;
  • Aproveite a vida mesmo estando gorda. Se ame e curta cada conquista.
Com amor,
Cíntia Milanese

32 Comentários


  1. Ótimas dicas Cíntia! Fico triste por ver que com vaaaarias pessoas que nos alugam, ainda esperam milagres. Ou são apenas fogo de palha e depois dos primeiros quilos desanimam…
    Mas continuemos servindo de exemplo!
    Você é um grande exemplo!

    Beijão e ótimo inicio de ano!

    Responder

    1. Acho que não é de maldade que fazem isso… eu mesma, já aluguei inúmeras pessoas antes de iniciar meu processo hehehe o que pega é o tal do "click". Sem ele, a pessoa não começa, não tem jeito. Bj

      Responder

  2. oi Cíntia, FELIZ ANO NOVO!
    Excelentes dicas, principalmente quanto a ter paciência! Num mundo imediatista as ciladas para eliminar peso e se sentir parte do que é considerado "normal", muitas vezes nos perdemos, querendo obter resultados a todo custo e quando eles não aparecem nos frustramos e desistimos.
    Mas é necessário mesmo, ter uma boa dose de paciência e persistência, para fazer valer a pena cada não dito às tentações de um mundo onde ouvimos tanto sobre saúde e vida saudável e estamos constantemente de frente com a indústria alimentícia fazendo propaganda de comidas cada vez mais rápidas e cheias de sódio e corante! A escolha é nossa, o corpo é responsabilidade nossa! Tomara que em 2014, tenhamos muita força pra ter vontade de eliminar o peso excedente e ter uma vida mais saudável!
    beijos
    Elaine

    Responder

  3. Meu pai amado, como eu tinha esquecido a sensação boa que tenho depois de ler seus posts!!
    Lembro uma vez que eu estava prestes a ir até a cozinha atacar a primeira coisa que eu encontrasse e decidi fazer depois de ler seu blog… conclusão, não ataquei e fiz uma escolha muito mais saudável rs*
    Mesmo já tendo o conhecimento sobre algumas dessas informações, é sempre bom lembrar, relembrar, reforçar e pensar sobre o que estamos fazendo!!
    você sempre querida com seu jeito de escrever, não é a toa que sou fã!! rs*
    Um fds lindo pra você minha querida!
    Mega beijo

    Responder

    1. É por esse tipo de depoimento que continuo com o blog… esse trabalho pararelo faz bem a mim e aos outros. Feliz por isso! 🙂

      Obrigada pelo carinho.

      Responder

  4. Excelentes as dicas! Como cada organismo funciona e reage de uma maneira, não dá mesmo para copiar. É melhor ler, aprender, aproveitar ideias, adaptar e procurar ajuda profissional.

    Livros e documentários ajudam muito!

    Responder

  5. Cíntia, tenho gostado muito dos posts que tem escrito, certamente as dicas que nos apresentou hoje são valiosíssimas! Estou louca para ler cada livro que nos indicou pois eles realmente parecem de suma importância para trabalharmos a mente a nos ajudar a emagrecer.
    Continue firme, e note que se as pessoas a estão indagando é sinal que esta virando exemplo para cada uma delas e isto é muito bom!
    Parabéns! Sucesso!
    Beijinhos

    http://diariodeumaqseexgordinha.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/quaseexgordinha

    Responder

    1. Os livros são ótimos.
      Não havia pensado por esse lado (de ser vista como exemplo). Eu ainda não me sinto exemplo pra ngm hehehe mas, tudo bem, a gente ajuda, né?

      Beijo, lindona. Volte sempre!

      Responder

  6. Cintia queridaaaaaaaaaaaaaaaaa
    que bom, adorei essa sua matéria, ajudaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa muito q8uem tá começando e quem tá re re re começando tbm
    beijos

    Responder

  7. Maravilha de post…
    Emagrecer e manter-se saudável é uma arte.
    Feliz ano novoooooooooo querida!
    Beijão

    Responder

  8. Por queeeeeeeeeee será que as pessoas pedem dica nessa época? kkkkkkk –
    "É necessário se preparar psicológicamente," – VER-DA-DE
    Muito bom o post. Gostei das observações finais. Espero que motive a muitos.

    Responder

  9. muito bom legal sua fase nova de blog e melhor ainda ver o quanto tem ajudado pessoas , para mim o processo começa e termina com uma só frase força de vontade …. beijos ke

    Responder

  10. Perfeito Magrelete!
    Muitas pessoas acham que emagrecer é uma receitinha com passo a passo.
    É muito mais complexo que possam imaginar, e cada um sabe como fazer do seu jeito, e tem pessoas que não conseguem encontrar o caminho.
    O que podemos dar sempre é dicas, e as suas foram muito bem exemplificadas.
    Parabéns pelo post!

    Bjs

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *