Pós-Spa: Como estou indo?

Olá, magreletes e magreletos!
Após contar como foi minha semana no spa, li a todos os comentários com bastante atenção e, achei super pertinente a sugestão da Carlinha, de contar como está sendo o pós-spa.

Em janeiro desse ano, ganhei um livro chamado “Magra? Não. Gorda em recuperação!

Nunca havia ‘brigado’ tanto com um autor antes…

Foi um dos livros mais ruins que já li a respeito de emagrecimento. E não digo ruim pelo conteúdo, ok? Ela faz boas abordagens a respeito do que é importante no emagrecimento. O problema é que a escritora faz muitas afirmações que fazem parte da verdade DELA, não de todos (conforme faz parecer). E a coisa já começa pelo título do livro…

Não nascemos gordos. Nós ficamos gordos. Existe uma linha tênue que separa o SER de ESTAR. Portanto, por lógica, um magro em recuperação me convenceria melhor. E espero sinceramente que não me venha ninguém tentar explicar o que ela quis dizer porque, eu realmente li o livro todo, tenho boa capacidade de discernimento e, continuo não concordando com esse título, assim como não concordo com várias outras situações, colocadas. Porém respeito, porque antes de mais nada, trata-se de um livro autobiográfico.

Eu falei tudo isso porque lembrei de um relato dela, de quando esteve num spa. Dizia assim:

Página 107

Fez muito sentido para mim, principalmente após ter passado por um spa.

Eu passei 6 dias ingerindo muito líquido, fazendo 3h de atividades físicas intensas, não ingerindo quase nada de sal, absolutamente nada de açúcar, quase nada de gordura e, comendo de acordo com uma dieta de 600 calorias. É claro que emagrece!

Vamos ao resumo do meu histórico lá: Entrada – 28/05 | Saída – 04/06

Ao retomar à vida, recuperei 1 kg, mas não foi por descontrole. A alimentação continuou regrada, porém, não mais com 600 calorias por dia.

Continuo firme e forte no grupo de corrida. Estou correndo 2,5 km – 3x por semana e estou amando cada vez mais.

Antes levava mais ou menos uns 45/47 minutos para correr 2,5 km. Agora, não chega à 30 minutos! o/

A pesagem dessa semana foi de 83,3 kg. Porém, as medidas permaneceram intactas.

Então é isso… a balança tá quietinha, mas estou me controlando. Minha amiga nutri vai me dar uma força para a balança voltar a descer. Assim que ela me passar a nova estratégia, divido com vocês, beleza? 🙂

16 Comentários


  1. Que bom que depois de falar tanto dela uma coisa vc concorda kkkk foi engraçado .
    Amiga fico feliz de vc estar correndo e se esforçando beijos e to bem tbm ke .

    Responder

  2. Lindona, eu não posso dizer que li o livro inteiro, não aguentei…E olha que é raro eu não terminar um livro…
    O positivo que eu vejo é você ter mantido a disciplina no pós-spa e não ter caído em compulsões depois da restrição! Tudo sempre é aprendizado positivo.
    Quanto mais percorro o caminho da vida saudável, mas percebo que ainda tenho muito a aprender e melhorar. Sempre podemos melhorar.
    Eu queria ter uma nutricionista…uma prima que é ficou de me ajudar e até hoje ficou só na oferta. Cobrei uma vez, não se pronunciou, fiquei na minha…Sortuda você!
    Beijocas e ótimo finde! 🙂
    Carla Pancha

    Responder

    1. Pois é, fiquei com muito medo de ter compulsão pós espa (que é o que a maioria relata). Não tive. Mas ando um pouco mais relaxada, preciso voltar ao ritmo.

      Pode deixar, que eu vou dividir as dicas da nutri com vcs 😉

      Beijinhos.

      Responder

  3. oi Cintia bom dia!!! Não conheço o livro mas concordo com suas considerações. O bom de tudo isso é que cada dia mais percebo que vc mesma está sabendo o que dá resultado no nosso processo de emagrecimento né? adorei saber também que vc tá firme e forte na corrida!!! bjos e ótimo final de semanas

    Responder

  4. Magrelete,
    esse 1Kg logo ira embora, junto com muitos outros, é preciso colocar em prática as coisas boas que aprendeu no SPA, mas é pouco provável que se mantenha o ritmo de 600calorias por dia.
    Estou de volta e prometo não demorar mais pra visitar você!
    E, agora estou a par das coisas pelo instagram! =D haha
    adoro a tecnologia!
    beijos

    Responder

  5. 600 cal por dia é pouco demais! Como você conseguia ficar de pé? rsrs

    Tem 3 meses que não piso na academia, voltei a trabalhar e ainda não consegui organizar minha vida… Tentei malhar em casa, deu certo por uns 15 dias, mas meus filhos (uma de 3 e um de 1) exigem muito de mim. Tá difícil.

    Agora eu limitei bastante meu consumo de carboidrato e estou tendo bons resultados!

    Bjos e fé em Deus e pé na taba!

    Responder

    1. Pois é, eles distribuíam bem e várias vezes ao dia. Fora os chás e a quantidade de água que a gente acabava ingerindo, não passei fome, não. Só não conseguiria fazer isso em casa. Nem é recomendado. Bjs.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *