Sobre o Desapego do “sim”

Esses dias estava refletindo sobre uma conversa que tive com alguns colegas no trabalho,  onde o papo se baseava em não conseguir dizer “não” a certas tarefas, por causa do/da gestor(a).

Quer dizer, o cara é tão bom com você, que você fica envergonhada de negar algo pedido por ele.

Fiquei assustada em puxar pela memória a quantidade de vezes em que me disponibilizei em fazer certas coisas (que eu nem gostaria ou me sentia preparada para fazer), mas que fiz porque não “podia” negar um pedido de determinada pessoa…

E você, quantas vezes disse SIM querendo dizer não, mas não o fez para não desagradar?

Isso tem nome: autodesrespeito.

Se tiver que dizer sim para alguém, diga sim para você em primeiro lugar.

Dizer “não” sem sentir culpa: essa é minha meta para esse mês.

Praticando um pouquinho todos os dias, chegarei onde preciso.

Lembrem-se, não saber se posicionar, engorda! 😉

E você, sabe dizer não?

2 Comentários


  1. Eu comecei a aprender a dizer "não" com o processo de emagrecimento. Com as lições do Pense magro, a Beck ensina a dizer não para as pessoas insistentes que querem que você coma de qualquer jeito. Aos poucos fui extrapolando para as áreas onde eu tinha dificuldade em dizer não. Agora, quando minha alma diz "Não" é não e pronto. Só precisa estar preparado para as consequências de dizer "nãos" porque é preciso se bancar depois. Dizer não e esperar que o outro goste é complicado. Sucesso na sua meta mensal!
    Beijocas
    Carla Pancha
    PS: no seu post sobre como voce estava se sentindo, eu escrevi um comentário que não aparece. Você apagou ou não foi?

    Responder

  2. Beck, Beck, Beck… vou reler!
    Obrigada por lembrar.
    Acho que meu problema é exatamente esse: dizer sim para não desagradar. Não sei como lidar com as consequencias do "não". Preciso aprender.

    Bjs.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *